Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Mandaguaçu, quinta-feira, 06 de outubro de 2022 Telefone (44) 3245-8400

Atendimento Atendimento: Segunda à sexta-feira das 08h às 11:30h e das 13:00h às 17:00h

Quar
05/10
Poss. de Pancadas de Chuva
Máx 29 °C
Min 19 °C
Índice UV
12.0
Quin
06/10
Chuva
Máx 24 °C
Min 21 °C
Índice UV
12.0
Sext
07/10
Instável
Máx 22 °C
Min 17 °C
Índice UV
12.0
Sáb
08/10
Predomínio de Sol
Máx 26 °C
Min 13 °C
Índice UV
12.0

Saúde - Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Saúde em Mandaguaçu ganha novo formato em 2020

Novo mapa de zoneamento para referência em atendimentos disponível


Saúde em Mandaguaçu ganha novo formato em 2020

Desde que o hospital São Lourenço de Mandaguaçu encerrou o convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS), no último dia de dezembro de 2019, é que o Departamento de Saúde se mobilizou para ampliar o horário de funcionamento de uma das cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Logo, a UBS Central passou a oferecer atendimento 24 horas para também atender as demandas de urgência e emergência da população.

O horário de atendimento de cada UBS ocorre, de segunda a sexta-feira, da seguinte forma: Bela Vista, Pulinópolis e Parque Ouro Verde atendem das 7h até 17h. Já a unidade da Vila Guadiana possui expediente das 7h até 19h. O Posto de Saúde Central oferece atendimento em atenção básica das 7h até 22h, e das 22h até 7h fica como referências para os casos de urgência e emergência durante os dias úteis. Aos finais de semana e feriados o atendimento é 24 horas apenas na UBS Central.

De acordo com a Secretária de Saúde de Mandaguaçu, Cristiane Amaral, o hospital São Lourenço mantinha dois convênios: um com o município e outro com o Estado. Para o município o convênio era destinado para o atendimento de plantão, para casos de urgências e emergências, das 22h até 7h, feriados e finais de semana: 24 horas. Com o cancelamento do convênio, as mesmas atividades foram transferidas e estão sendo realizadas no mesmo horário na UBS Central. As suturas e outros pequenos procedimentos se destacam na rotina dos plantões. Já o convênio com o Estado era respectivo à Autorização de Internação Hospitalar (AIH), que diz respeito aos procedimentos de internação tanto clínico quanto cirúrgico. “Mandaguaçu possuía 83 AIH no hospital São Lourenço, com o fechamento é que essas autorizações foram transferidas para outros municípios, como Astorga (Hospital Cristo Rei), Colorado (Santa Clara) e Sarandi (Hospital Metropolitano)”, explica a Secretária.

As mudanças repentinas na Saúde local acabaram despertando receio e curiosidade em parte da população que utiliza o SUS no município. Porém, a partir do novo cenário é que Mandaguaçu acabou conquistando a ampliação no atendimento cirúrgico de especialidades. “Antes não dispúnhamos desse tipo de serviço, era realizado apenas cirurgia geral no hospital São Lourenço. E nesses novos hospitais agora é possível realizar cirurgias com especialistas, como cirurgia pediátrica, ortopédica, vascular, uma conquista para a nossa população”, comemora a Secretária de Saúde.

No entanto, a UBS Central tem sofrido com super lotação devido o uso inadequado dos serviços oferecidos após os respectivos horários de fechamento das demais Unidades Básicas. Isso tem acontecido porque uma parcela da população está utilizando o novo horário de funcionamento para realizar consultas de rotina, alegando ser urgência/emergência um quadro que poderia ser atendido na devida UBS de pertencimento, dentro do horário de expediente. “Há casos que podem esperar porque são típicos do atendimento básico de saúde, e outros que não podem porque oferecem risco à vida e a população precisa ter consciência disso”, ressalta a aposentada Neuza de Oliveira, 63 anos, usuária da UBS da Vila Guadiana.

Para facilitar a identificação da população em relação a devida UBS de pertencimento é que a prefeitura elaborou um mapa colorido com a disposição dos bairros em relação a cada posto de saúde. Logo, se o morador que buscar atendimento na UBS Central, logo após o fechamento da UBS de referência, não for classificado como caso de urgência ou emergência durante a triagem, o mesmo será encaminhado para acolhimento na devida Unidade Básica de Saúde.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Portal da Transparência

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Versão do sistema: 2.0.0 - 30/09/2022

Portal atualizado em: 05/10/2022 09:01:38

Prefeitura Municipal de Mandaguaçu - PR.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.